Inscrições abertas para o Prêmio Petrobras de Tecnologia

See on Scoop.itDanilo Pianco

Até o dia 16 de julho estão abertas as inscrições para o Prêmio Petrobras de Tecnologia Engenheiro Antônio Seabra Moggi 2012. A iniciativa visa a reconhecer a contribuição de estudantes, pesquisadores e instituições para a superação de desafios tecnológicos nos negócios da Companhia e na indústria nacional de energia, além de incentivar a revelação de talentos e de trabalhos inovadores na área e promover a aproximação entre as universidades brasileiras e a indústria.
Lançado em 2004, o prêmio é voltado para estudantes de graduação, mestrado ou doutorado de qualquer instituição de ensino superior brasileira. Nesta edição, os trabalhos devem ser inscritos em nove temas tecnológicos: Tecnologia de Energia e Eficiência Energética; Tecnologia de Exploração; Tecnologia de Gás; Tecnologia de Logística e de Transporte de Petróleo, gás e derivados; Tecnologia de Perfuração e de Produção; Tecnologia de Preservação Ambiental; Tecnologia de Bioprodutos; Tecnologia de Refino e Petroquímica e Tecnologia de Segurança de Processos. Em cinco edições, mais de 2.000 trabalhos foram inscritos e 122 foram premiados.
Os autores dos trabalhos vencedores recebem R$ 20 mil na categoria doutorado, R$ 15 mil na categoria mestrado e R$ 10 mil na categoria graduação, além de uma bolsa de estudos do Conselho Nacional de Pesquisas (CNPq) para elaboração de tese de mestrado, doutorado ou pós-doutorado em instituições de ensino superior nacionais, de acordo com sua formação acadêmica. Os professores orientadores dos trabalhos premiados de todos os temas e categorias recebem a mesma quantia bruta que o prêmio recebido pelo aluno, como taxa de bancada.
As inscrições devem ser realizadas no site do Prêmio, até as 20h (horário de Brasília) do dia 16 de julho. Lá também é possível ler o regulamento do Prêmio e conhecer um pouco dos trabalhos vencedores das edições anteriores.
Quem foi Antônio Seabra Moggi
Antônio Seabra Moggi foi o primeiro superintendente do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenpes). Químico Industrial pela Universidade do Brasil (atual UFRJ) e Engenheiro Químico pela Valderbilt University, no Tennesse, EUA, trabalhou no Conselho Nacional de Petróleo (CNP) e na Petrobras, onde participou da fundação do Centro de Aperfeiçoamento e Pesquisa de Petróleo (Cenap), ponto de partida das atividades de Pesquisa & Desenvolvimento na Companhia. Também participou da criação do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP).

See on fatosedados.blogspetrobras.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: